Assegurar a educação das camadas mais jovens da população através do estímulo e reforço nos domínios da literacia digital e das competências digitais em todos os ciclos de ensino e de aprendizagem ao longo da vida.

A preparação dos cidadãos, no presente e para o futuro, requer capacidades não só de convivência com as tecnologias digitais, mas também de compreensão através da aquisição precoce de conhecimentos ao nível do utilizador frequentemente interveniente.

Tal pressupõe o desenvolvimento de capacidades de raciocínio lógico, de trabalho colaborativo e de projeto, e mesmo, em muitas circunstâncias, de conhecimentos de desenvolvimento de código (programação).

Por isso, é fundamental dotar as novas gerações dessas capacidades, através de uma ação permanente e coordenada dos sistemas de educação e de formação profissional – revendo conteúdos programáticos e processos de ensino, desenvolvendo recursos didáticos e educativos digitais, assegurando a adequada infraestrutura tecnológica, promovendo a formação de docentes e de formadores e assegurando ações de formação ao longo da vida. Para que se atinjam estes objetivos é essencial integrar nos processos pedagógicos as competências e recursos digitais de forma transversal.